A infecção de ouvido, nome popular da otite média, ocorre na região interna do ouvido, próxima ao tímpano, mais comum nos 2 primeiros anos de vida da criança e quando não tratada, pode levar a comprometimentos de comportamento, linguagem e aprendizagem.

 

Como ocorre a audição?

O ouvido é responsável pela audição e pelo equilíbrio. Ele capta os sons do ambiente, amplifica-os e transforma este sinal em impulso elétrico que seguirá ao cérebro. Para entendermos melhor esse processo, vamos dividir o ouvido em 3 partes: externo, médio e interno.

Anatomia do ouvido (Fonte: Barbosa e Pannunzio 2017)

 

Ouvido Externo: é responsável por receber o som e direcioná-lo para o tímpano. Quando o som chega na membrana timpânica, ela vibra enviando o som para o ouvido médio.

Ouvido Médio: é uma cavidade cheia de ar, responsável pela amplificação do som. A membrana timpânica faz com que os três pequenos ossos (martelo, bigorna e estribo) vibrem e conduzam o som a orelha interna. Para que a pressão de ar dentro desta região esteja sempre equilibrada, a tuba auditiva mantém uma comunicação com o nariz e a garganta e toda vez que engolimos este equilíbrio é restabelecido.

Ouvido Interno: nesta região, a cóclea transforma a onda sonora em impulso nervoso que será transmitido ao cérebro pelo nervo acústico e lá no cérebro damos significado ao som.

__________________________________________________________________________________

Conteúdos Relevantes

__________________________________________________________________________________

Tuba auditiva da criança e do adulto (Fonte: Barbosa e Pannunzio 2017)

Quais os sintomas da otite média?

Os sintomas mais comuns da infecção de ouvido são febre, dor, coceira ou incômodo na região do ouvido, mau cheiro no ouvido e nariz, mas é preciso ficar atento pois a otite média nem sempre traz dor, então observamos o comportamento da criança: se ela está agitada ou desatenta, se passa a falar mais alto que de costume ou se aumenta o volume da TV.

 

Como fazer o diagnóstico?

O diagnóstico é dado pelo médico (otorrinolaringologista ou pediatra, por exemplo) e é baseado nos sintomas, no exame clínico do ouvido, onde o médico avalia dentro do ouvido da criança. Esta avaliação pode ser complementada por exames de audição realizados pelo fonoaudiólogo.

 

Impactos no desenvolvimento infantil

Como conversamos no artigo “Como a Otite Pode Prejudicar Seu Filho?

Episódios frequentes ou prolongados de otite média podem prejudicar o desenvolvimento da da criança. Durante os episódios de otite ela desenvolve uma perda auditiva de grau leve a morado, o que dificulta a percepção e a diferenciação dos sons da fala. Quando a criança ouve menos por um período de tempo, ela passa a ter dificuldades diversas pois seu cérebro está recebendo informações auditivas incompletas, interferindo em seu desenvolvimento da linguagem tanto oral, quanto escrita.

 

Tratamento

O tratamento médico para controle da otite média pode ser medicamentoso ou cirúrgico, dependendo da frequência e duração dos episódios de otite, além de outros aspectos da avaliação médica. O tratamento cirúrgico consiste na colocação de um tubo de ventilação (semelhante a um carretel de linha) na membrana timpânica que restabelecerá o equilíbrio da pressão de ar no ouvido.

Fique atento aos sinais de otite nos pequenos, caso seja necessário, procure um especialista. Vamos juntos cuidar da saúde dos nossos pequenos!