Os hábitos horais, principalmente a sucção, é prazerosa e tranquilizante para o bebê, sendo gradualmente reduzido ao passar da idade. Quando o hábito de sucção, como chupar dedo ou chupeta, se mantém ao longo dos anos, ele pode prejudicar o desenvolvimento da criança.

Dependendo das características faciais da criança, do tempo, duração e intensidade de sua ocorrência, esses hábitos poderão causar prejuízos como:

Figura: Mordida aberta anterior.dependendo das características faciais da criança, do tempo, duração e intensidade de sua ocorrência, poderão causar prejuízos como:

  • Alterações no crescimento da face;
  • Problemas na posição dos dentes como mordida aberta anterior;
  • Alteração da força da musculatura da face.

Como consequência, as alterações das estruturas faciais decorrentes do hábito poderão trazer interferências negativas nas funções orofaciais respiração, mastigação, deglutição e fala.

Estudos realizado com crianças em idade pré-escolar apontam alta relação entre hábitos orais e presença de mordida aberta anterior. Lima e colaboradores, em 2010, verificaram que 98% das crianças que apresentavam mordida aberta anterior tinham como hábito o uso da mamadeira, sucção de chupeta ou do dedo.

Os profissionais orientam que se os hábitos orais forem retirados até 3 anos de idade, mantém-se condições para que a criança tenha um padrão de crescimento facial favorável.

Sabemos que em muitos casos esta não é uma tarefa fácil, mas com muita paciência e conscientização da criança, a família consegue passar por este processo sem maiores dificuldades.

Para ajudar nesta tarefa, preparamos um texto bem legal com dicas de como fazer a criança abandonar esse hábitos. Para acessar clique em: 5 dicas para ajudar o seu filho a largar a chupeta.

Até a próxima!

Referências:

FONOAUDIOLOGIA, Sociedade Brasileira de. Respostas para perguntas frequentes na área de motricidade orofacial. São Paulo, 22 out 2012. Disponível em: http://www.sbfa.org.br/portal2017/themes/2017/faqs/faq_motricidade_orofacial.pdf. Acesso em: 05 out. 2017.

Lima GN, Cordeiro CM, Justo JS, Rodrigues LCB. Mordida abera anterior e hábitos orais em crianças. Rev Soc Bras Fonoaudiol. 2010;15(3):369-75.