Como cuidar dos dentes dos pequenos?

2018-03-07T20:57:03+00:0019 de dezembro - 2017|Desenvolvimento Infantil|
Cuidar da higiene da boca das crianças é um carinho que deve ser iniciado desde cedo para que na rotina diária, elas aprendam a importância desses cuidados.

Dúvidas comuns às famílias foram esclarecidas por especialistas da Associação Brasileira de Odontopediatria (ABO). Veja a seguir:

1) Quando deve ser a primeira visita ao odontopediatra?

Orienta-se a primeira avaliação e orientação com o profissional ao aparecer o primeiro dente de leite (geralmente entre 6 e 8 meses) ou até o primeiro aniversário de vida. As demais visitas serão agendadas de acordo com a necessidade de cada bebê.

 

2) Devo começar a limpar a boca antes de aparecerem os dentes de leite?

No bebê em aleitamento materno exclusivo (seja no peito ou na mamadeira) e sem a presença de dentes não é necessário fazer a limpeza, porque o leite materno protege toda a cavidade oral.

 

3) Como devo fazer a higiene oral?

Antes do primeiro dentinho nascer, orienta-se a limpeza da gengiva e da língua com uma gaze ou ponta da fralda enrolada no dedo indicador, umedecida em água filtrada para ficar mais macia. Tem-se o cuidado para não colocar o dedo na parte posterior da língua para não causar náusea no bebê.

A limpeza dos dentes, gengiva e da língua deve ser feita seguindo as orientações do odontopediatra, sempre com os movimentos da escova de maneira delicada e sem pressa.

Atenção na hora de escolher a escova infantil. O tamanho da cabeça da escova deve ser proporcional a boca do bebê (ou criança) e com as cerdas extramacias ou macias.

 

4) Qual a pasta de dentes que devo utilizar?

Fonte: ABO

A presença de flúor na saliva é muito importante para a prevenção da cárie dentária. Por isso, a recomendação do Ministério da Saúde (Guia de Recomendações para o Uso de Fluoretos no Brasil, 2009) é do uso de pequena quantidade de pasta de dentes infantil fluoretada, com concentração de flúor em torno de 1100 PPM.

Como medida de segurança, a Associação Brasileira de Odontopediatria (Manual de Referência, 2013), recomenda o uso de pastas de dentes em bebês e crianças, que não sabem cuspir, na quantidade equivalente a um grão de arroz (0,1g) como na escova rosa da figura ao lado; e, nos que sabem cuspir a quantidade equivalente a um grão de ervilha (0,3g) da escova azul.

Caso a criança faça a escovação apenas como motivação antes ou após a realizada pelos pais, não deve-se usar a pasta de dentes, para que não haja uma dose maior da quantidade de segurança recomendada.

A higiene oral com pasta de dentes fluoretada nos bebês e crianças deve ser realizada duas vezes aos: após o café da manhã e na última refeição antes de dormir a noite.

 

5) Precisa usar o fio dental?

A maioria dos bebês e crianças possui os dentes de leite bem separados. Porém, quando os dentes forem muito juntos deve-se usar o fio dental para realizar a limpeza adequadamente, já que neste local as cerdas da escova não conseguem alcançar.

 

6) A criança pode escovar seus dentes sozinha?

Até os seis anos de idade recomenda-se que a higiene oral seja realizada pelo responsável. A partir desta idade, a criança pode (fazer) escovar sozinha, porém sempre com a supervisão de um adulto.

Lembre-se que as crianças devem permanecer no banheiro sempre com a presença de um adulto afim de evitar alguns acidentes como quedas e afogamentos, ou ainda a ingestão de produtos em excesso como pasta de dentes e/ou líquidos para bochechos.

 

Fonte: Ruiz DR. Orientações ao pais sobre cuidados com a saúde bucal do bebê e da crianças. Associação Brasileira de Odontopediatria. Acesso em 14 de dezembro de 2017. http://abodontopediatria.org.br/orientacoes_aos_pais_sobre_cuidados_com_a_saude_bucal_do_bebe_e_da_criancas.pdf

.

Sobre o Autor:

Fonoaudióloga da Equipe FofuuuMestre em Ciências da Reabilitação (USP) Especialista em Motricidade Orofacial

Deixar Um Comentário